Master Medicina Estética.png

Prestígio e reconhecimento

As novas listagens publicadas pelo ranking The Times Higher Education posicionam a Universidade de Alcalá como uma das melhores universidades do mundo.

Pós Graduação em Medicina Estética

 

Universidade de Alcalá

A Universidade de Alcalá é uma instituição de ensino superior de Espanha, fundada em 1977.  A Universidade de Alcalá é uma Instituição Pública comprometida com a excelência no ensino e na investigação, através da adaptação da sua oferta formativa às mudanças e exigências da sociedade e da atracção e retenção de talento. São algumas das suas prioridades favorecer a empregabilidade dos seus estudantes, implementar políticas de responsabilidade  social que a consolidem como uma instituição aberta, inclusiva e comprometida e desenvolver uma gestão eficiente, responsável e transparente, baseada na prestação de contas perante a própria instituição e perante a sociedade.

Localizada na cidade histórica de Alcalá de Henares, a 30 Km de Madrid, possui 28.000 alunos, 2.000 professores e 800 lugares de trabalho dedicados a funções administrativas e de serviços. Nos seus três campus, Histórico, Científico Tecnológico e de Guadalajara, concentra 40 cursos de graduação, 78 pós-graduações e uma ampla gama de cursos de educação continuada, em todos os ramos do conhecimento.

Reconhecida pelos principais rankings nacionais e internacionais, a UAH está entre as melhores universidades do mundo, quanto no ensino, empregabilidade, internacionalização, produtividade em pesquisa e inovação, equipamentos, infraestrutura,

sustentabilidade e compromisso social.

Histórica e, ao mesmo tempo, vanguardista, a UAH é uma das mais antigas universidades da Europa. Em 1499, o Cardeal Cisneros fundou o Colégio de San Ildefonso com o objectivo de criar uma modelo de cidade universitária que serviria de padrão para outras na Ibero-América. Personagens como Lope de Vega, Calderón de la Barca, Francisco de Quevedo, Tirso de Molina, Fray Luis de Leon, Ignacio de Loyola ou Gaspar Melchor de Jovellanos, foram alguns de seus alunos mais ilustres e Maria Isidra De Guzman, a primeira mulher a realizar o doutoramento em Espanha, obteve essa distinção na Universidade de Alcalá.

A singularidade do seu modelo universitário e a conservação de seu rico património arquitectónico e artístico fizeram com que fosse declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1998.

Esta página é exclusivamente dedicada à Edição da Pós Graduação em Medicina Estética da Universidade de Alcalá lecionada em Portugal.

 

Para mais informações sobre a UA poderá consultar a página geral da Universidade em Castelhano.

 

Faculdade de Medicina

A Faculdade de Medicina de Alcalá é um centro educacional público da Universidade de Alcalá localizado no seu Campus Científico-Tecnológico. Os estudos médicos da Universidade de Alcalá, fundada pelo Cardeal Cisneros em 1499, começaram em 1509. Neles, os melhores modelos de ensino à época são conciliados com os mais inovadoras como Bolonha e Louvain. O Cardeal Cisneros queria que esta Universidade, nascida com a Idade Moderna, fosse a mais avançada das correntes renascentista e humanista em Espanha. Em 1986, o actual edifício, projetado pelos arquitetos José Ramón Álvarez García e Joaquín Lacambra foi inaugurado.

 

Em 1988, são vinculados à Faculdade o Hospital Universitário Príncipe das Astúrias e o Hospital Universitário Ramón y Cajal, em 2006, o Hospital Universitário Central de Defesa "Gómez Ulla" e em 2011 o Hospital Nacional de Paraplégicos de Toledo. Desde 2014, conta com mais de 40 Centros de Cuidados de Saúde primários vinculados, distribuídos pelas Áreas de Saúde de Alcalá, Torrejón, Guadalajara e Madrid.

 

A Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde destaca-se pela qualidade de seu ensino em todos os graus que oferece. Prova disso são o reconhecimento interno e externo que se traduz nos resultados dos testes MIR em Espanha . Um dos pontos fortes dos estudos de Medicina é a importância e a qualidade do ensino prático alicerçado na rede de unidades prestadoras de cuidados de saúde vinculadas. 

 

Esta atividade permitiu que a faculdade ocupe um lugar preferencial no momento da eleição pelos estudantes e se distinguisse nos diferentes rankings e classificações nacionais e internacionais. Prova disso é a classificação como uma das melhores faculdades do mundo em Ciências da Vida e Medicina (Life Science & Medicine, QS World University por Assunto 2018) ou a distinção Times Higher Education World University Rankings (2017) em que UAH entra pela primeira vez nos 400 melhores centros do mundo.

Os Diretores do Curso
_____

JuliaBujan.jpeg

Professora Doutora María Julia Buján Varela

Licenciada en Medicina y Cirugía (UCM, 1977) y en Ciencias Biológicas (UCM, 1973), y Doctora en Medicina y Cirugía con Premio Extraordinario (UCM, 1981). Ha sido Profesora Adjunta de Histología y Embriología General de la Facultad de Medicina de UAH (1982), Catedrática de Histología e Ingeniería Tisular (2004), Profesora Extraordinaria del Instituto de Criminología de la Facultad de Derecho UCM (1977- 2000), Secretaria y Vicedecana de la Facultad de Medicina en el periodo 1988-1990, Directora de Departamento de Especialidades Médicas (2004-2007), Decana de la Facultad de Medicina (2010-2012), Decana de la Facultad de Medicina y Ciencias de la Salud (2013-2014), Vicerrectora de Personal Docente e Investigador (2014-2015) y Delegada del Rector para el ámbito de la salud y de las relaciones con las Instituciones Sanitarias desde el año 2015. Ha coordinado los programas de Doctorado en Biomedicina del Departamento de Ciencias Morfológicas y Cirugía (D221) y del Departamento de Especialidades Médicas (D228) y ha dirigido el Programa de Doctorado en Ciencias de la Salud (D325). Tiene reconocidos ocho quinquenios docentes y seis sexenios de investigación. Ha sido también evaluadora de la Comisión para la Acreditación de Profesores al Cuerpo de Catedráticos de la ANECA (2007), miembro de la Comisión de Conciliación de la ACAP (2010) y Secretaria y Vocal del Pleno de la Comisión de CNEAI (2014-2018).

150123-inspector-sanidad-mde-520.jpg

Professor Doutor Santiago Coca Menchero

General  de división del cuerpo militar de Sanidad. Ha estado destinado en el instituto e medicina Clinica Aeronautica,, en el hospital de Sanidad del ejercito del aire, y en el Hospital Central de la Defensa Gomez Ulla. Ha sido inspector general de Sanidad de la defensa. nombrado en 2015. Autor de varios libros y numerosas publicaciones. Es director de la revista de Samidad de las fuerzas armadasde España. En la actualidad dirige el master en Genetica clínica y reproducción asistida de la UAH y es Catedratico de Anatomia Patológica en la Universidad de Alcalá.

 
15.png

Pós Graduação em Medicina Estética